banca

Um café? Um espaço de ‘cowork’? Este é o banco do ‘futuro’ do Santander

Fotografia: REUTERS/Eloy Alonso
Fotografia: REUTERS/Eloy Alonso

A nova aposta do Banco Santander chama-se Work Café e promete revolucionar a relação entre cliente e banco.

E se pudesse tomar um café enquanto é atendido no seu banco? Ou ter uma reunião com colegas de trabalho? Fazer estas coisas já é possível na nova sucursal do Banco Santander, em Madrid, inaugurada esta segunda-feira, noticia o CincoDías.

A inspiração vem do Chile, país que vem experimentando uma nova fórmula de espaço bancário nos últimos anos. E os resultados têm aparecido. As análises apontam para uma satisfação dos clientes de 96% e um aumento de 20% na produtividade dos trabalhadores desde a sua implementação.

A ideia também não é nova em Espanha. O BBVA tentou, sem sucesso, o lançamento de uma agência bancária onde era possível tomar uma café e comprar utensílios de cozinha, carros e até apartamentos. Mas o objetivo de alterar a imagem negativa da banca, de maneira a captar clientes, faz com que o Santander esteja novamente disposto a tentar.

O novo conceito conta com um espaço para tomar café, comer um bolo ou beber um sumo, para além da habitual agência bancária. A sucursal também integra o chamado coworking, um espaço para trabalhar, fazer networking e onde é possível organizar reuniões e eventos.

Para a presidente do Banco Santander, Ana Botín, a ideia é clara: levar os clientes ao banco não por necessidade, mas que “clientes e não clientes queiram ir ao banco”. A banqueira também considera que a modernização das sucursais é crucial para a satisfação dos clientes.

O novo modelo também é uma oportunidade para o Santander apostar em produtos locais. Desde o café à roupa usada pelos funcionários, os produtos são maioritariamente de origem espanhola.

A abertura destes novos espaços faz parte da aposta na inovação e digitalização do gigante espanhol. A expansão do Work Café para outras cidades espanholas está a ser pensada pelos responsáveis do banco.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens

Cláudia Azevedo. Quem é a mulher que vai mandar na Sonae?

Rui Rio e António Costa em conferência TSF

PSD vai abster-se na votação que altera leis laborais

O antigo ministro da Economia, Manuel Pinho, durante a sua audição na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, sobre o seu alegado relacionamento, enquanto Ministro da Economia e da Inovação, e o setor privado, Assembleia da República em Lisboa, 17 de julho de 2018. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Pinho: “Não tenho conhecimento de conversas entre Sócrates e Salgado”

Outros conteúdos GMG
Um café? Um espaço de ‘cowork’? Este é o banco do ‘futuro’ do Santander