ATM

Easypay lança primeira rede portuguesa concorrente do Multibanco

Fotografia: DR
Fotografia: DR

A Easypay vai deter a primeira rede de ATM portuguesa concorrente da rede Multibanco, gerida pela SIBS. Vai chama-se abypay e que ter alcance global.

A Easypay vai instalar nas suas caixas automáticas, a partir do segundo trimestre deste ano, a primeira concorrente portuguesa da rede Multibanco, sob a marca abypay. Até dezembro, a empresa vai arrancar com operações em mais seis países.

“Desenvolvemos uma solução única no mundo, revolucionária, que permite fazer transferências de dinheiro instantâneas, para qualquer parte do mundo e em qualquer moeda, em segundos e com um custo de poucos cêntimos”, anunciou o líder da Easypay.

“O plano em 2017 vai ser muito agressivo, com a disponibilização ao público da app abypay até ao final do primeiro trimestre e, no segundo trimestre, a entrada na rede de comerciantes e instalação das primeiras ATM em Portugal”, adiantou o presidente da Easypay, Sebastião de Lencastre, à Lusa.

Na primeira fase vão ser instaladas cerca de 50 caixas automáticas e depois, no terceiro trimestre, a abypay vai chegar a dois novos países. No último trimestre arranca com operações em quatro outros mercados, que o responsável não quis para já identificar, porque as negociações com os investidores que vão suportar a expansão ainda estão em curso.

Está previsto um de 1,5 milhões de euros para este ano. A abypay, 100% portuguesa, está a ser trabalhada há um ano e meio com o objetivo de ter um alcance global, disse o presidente.

Através da abypay, a Easypay vai deter a primeira rede de ATM portuguesa concorrente da rede Multibanco, gerida pela SIBS. Para o responsável, a SIBS e a Unicre constituem, em Portugal, “as maiores barreiras às fintechs“. Sebastião de Lencastre criticou também o posicionamento do Banco de Portugal sobre a evolução destas empresas especializadas nos pagamentos eletrónicos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro da Economia Pedro Siza Vieira, no Roteiro Automóvel, visitou a PSA e conduziu um dos carros fabricados em Mangualde.  (João Silva / Global Imagens )

Governo quer choque elétrico nas fábricas de automóveis

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

despedimentos coletivos

Despedimentos coletivos voltam a subir em 2019 e arrasam no Norte

Easypay lança primeira rede portuguesa concorrente do Multibanco