crédito à habitação

Euribor negativa vai dar crédito para descontar nos juros da casa

PS vai viabilizar proposta apresentada há dois anos pelo Bloco de Esquerda, mas que apenas será sentida quando a Euribor voltar a terreno positivo.

Quem contraiu um crédito à habitação antes da crise e aproveitou os baixos spreads pode ter mais uma vantagem em breve. O PS prepara-se para viabilizar uma proposta apresentada há dois anos pelo Bloco de Esquerda que deverá obrigar os bancos a refletir, na íntegra, a Euribor negativa nos empréstimos à habitação.

Segundo o jornal Público desta quinta-feira, os socialistas vão criar uma espécie de crédito de juros, que será abatido quando a Euribor voltar a subir. Esta alteração vai aplicar-se a todos os contratos em vigor e será mais benéfica para os clientes que têm associada a Euribor a três e seis meses e spreads (margem do banco que é somada à Euribor) entre 0,25% e 030%. Atualmente, estes clientes não pagam juros e apenas estão a amortizar capital.

Isto é possível porque o PS introduziu uma alteração que garante aos clientes o desconto da Euribor negativa, mas esse impacto só será sentido quando este indexante do crédito à habitação voltar a terreno positivo nos prazos a três, seis e doze meses. Há três anos que as taxas interbancárias estão em terreno positivo, por causa da política do Banco Central Europeu.

Em Março de 2015, o Banco de Portugal assumiu que o valor negativo da Euribor teria de ser refletido na taxa de juro do contrato, mas depois acabou por aceitar a interpretação dos bancos, de que só há desconto até anular o spread. Ou seja, não podem ser aplicadas taxas negativas nos contratos de crédito à habitação.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Mário Cruz/ Lusa)

Carlos Costa: “Não participei nos 25 grandes créditos que geraram perdas” à CGD

Pedro Granadeiro / Global Imagens

Reclamações. Anacom acusa CTT de divulgar informação enganosa

Paulo Macedo, presidente da CGD

CGD cumpre “com margem significativa” requisitos de capital do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Euribor negativa vai dar crédito para descontar nos juros da casa