Mercados

Euro cai com hipótese de mais estímulos do BCE

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: REUTERS/Kai Pfaffenbach
Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: REUTERS/Kai Pfaffenbach

As bolsas europeias reagiram positivamente às declarações de Draghi, que discursava no Fórum do BCE, em Sintra e o euro recuou.

O euro caiu hoje face ao dólar depois de o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, se ter mostrado disposto a baixar mais as taxas de juro e comprar mais dívida na zona euro.

Às 17:50 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,1198 dólares, quando na segunda-feira quase à mesma hora negociava a 1,1230 dólares.

O presidente do BCE afirmou hoje que a instituição avançará com estímulos adicionais, que podem ser decididos nas próximas semanas, nomeadamente mais compras de ativos e cortes adicionais nos juros, se a inflação não recuperar na zona euro.

A taxa de inflação recuou em maio para 1,2% na zona euro, segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat. O BCE tem como objetivo uma inflação ligeiramente abaixo de 2%.

As bolsas europeias reagiram positivamente às declarações de Draghi, que discursava no Fórum do BCE, em Sintra e o euro recuou.

O mercado espera agora que na quarta-feira sejam conhecidas as decisões da reunião do banco central norte-americano que começou hoje.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
boris johnson brexit

Brexit: Um acordo que responde “às circunstâncias únicas da Irlanda”

Álvaro Santos Pereira, ex-ministro da Economia, na comissão de inquérito do Parlamento sobre as rendas excessivas da eletricidade, Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Álvaro Santos Pereira ataca “corporativismo” de notários, advogados e arquitetos

Álvaro Santos Pereira, ex-ministro da Economia, na comissão de inquérito do Parlamento sobre as rendas excessivas da eletricidade, Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Álvaro Santos Pereira ataca “corporativismo” de notários, advogados e arquitetos

Outros conteúdos GMG
Euro cai com hipótese de mais estímulos do BCE