Associação Mutualista Montepio

Montepio: Lista de Tomás Correia vence as eleições da Mutualista com 42,4%

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Como previsto, Tomás Correia vai cumprir um quarto mandato à frente da maior mutualista do país.

A lista A, liderada por António Tomás Correia, venceu as eleições para a liderança da Associação Mutualista Montepio Geral no próximo triénio, com 42,4% dos votos.

A lista C, de António Godinho, arrecadou 35,6% dos votos e a B, de Fernando Ribeiro Mendes, obteve 20,1% dos votos. Houve 1,2% de votos brancos e 0,7% de votos nulos.

Foi este o resultado dos valores finais das eleições mediáticas, que terminaram esta sexta-feira, e que foi comunicado aos associados. Expurgados dos votos brancos e nulos, a lista A obteve 43,2% dos votos válidos, a lista C 36% e a lista B 20,5%.

Tomás Correia criticou os seus adversários, numa declaração após a vitória nas eleições, e agradeceu aos associados da Mutualista, que “mais uma vez souberam separar o trigo do joio”.

“Pela frente, espera-nos um mandato exigente, que apela à responsabilidade por que sempre nos pautámos e que a candidatura institucional sempre levou muito a sério”, adiantou.

A Associação Mutualista é dona da Caixa Económica Montepio Geral e conta com cerca de 620 mil associados.

Votaram nestas eleições 47 mil associados dos cerca de 480 mil que podiam votar. O processo eleitoral foi alvo de críticas por parte dos candidatos adversários de Tomás Correia, que remeteram para o período pós eleitoral eventuais medidas a adotar sobre a matéria.

Atualizada às 04H19 com declarações de Tomás Correia e inclusão da percentagem de votos incluindo e excluindo os brancos e nulos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O empresário Joe Berardo à chegada para a sua audição perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República, em Lisboa, 10 de maio de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Joe Berardo: “Tenho servido de bode expiatório”

Carlos Costa. Foto: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

BdP vai divulgar relatório dos grandes devedores mas incompleto

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Centeno assegura clarificação das dúvidas do BCE

Outros conteúdos GMG
Montepio: Lista de Tomás Correia vence as eleições da Mutualista com 42,4%