Seguradoras

Generali e Catalana Occidente são finalistas na corrida à Tranquilidade

Fotografia: Global Imagens/Arquivo
Fotografia: Global Imagens/Arquivo

Dona da Tranquilidade deverá encaixar entre 500 a 600 milhões de dólares com a venda da seguradora portuguesa.

A seguradora italiana Generali – a terceira maior seguradora da Europa com uma quota de mercado de 5% em Portugal – e os espanhóis do Grupo Catalana Occidente – a sexta maior seguradora em Espanha com um valor de mercado de 3,7 mil milhões de euros – são os finalistas na corrida à compra da Tranquilidade, um negócio avaliado em mais de 682 milhões de dólares, indica a Reuters, que cita fontes ligadas ao processo.

A Apollo Global Management, dona da Tranquilidade, deverá encaixar entre 500 a 600 milhões de dólares (440 a 528 milhões de euros, aproximadamente) com a venda da seguradora portuguesa

A gestão da operação está a ser realizada por três bancos de investimento: Société Générale, Jefferies e Arcano Partners. A decisão final deve ser tomada nas próximas duas semanas, segundo as fontes citadas pela agência.

Nos últimos meses eram seis as empresas com interesse na compra da Tranquilidade: Mapfre, Ageas, Générali, Zurich, Allianz e Catalana. As propostas da Allianz e da Ageas acabaram por ser afastadas por serem demasiado baixas, enquanto a espanhola Mapfre acabou por desistir da oferta.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
António Costa, primeiro-ministro. ( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Conheça a composição do novo Governo de António Costa

António Costa, primeiro-ministro. ( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Conheça a composição do novo Governo de António Costa

pear-4056741_1920

Preço da luz desce 18 cêntimos por mês no mercado regulado em 2020

Outros conteúdos GMG
Generali e Catalana Occidente são finalistas na corrida à Tranquilidade