banca

Governo aprova entrada da Santa Casa no Montepio

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens
José Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens

O Governo aprova o investimento da Santa Casa no Caixa Económica Montepio Geral, através de uma participação "simbólica" no banco.

O Governo aprovou o investimento da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) no Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), através de uma participação “simbólica” no capital banco.

Numa resposta ao Parlamento, noticiada pelo Eco, o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, diz que “não há qualquer mudança no que se refere à convicção firma da importância da existência de uma instituição financeira forte e robusta detida por entidades da economia social”.

“Não subsistem dúvidas quanto à relevância da participação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa num projeto dessa natureza”, adianta José Vieira da Silva na resposta com data de entrada no Parlamento de 18 de junho.

Ressalva que “parece necessário rever a intensidade do esforço financeiro previsto” e que “nesse sentido, aponta-se para a confirmação do empenho da SCML no projeto de desenvolvimento e reforço da economia social, limitado a uma participação realmente simbólica, semelhante na sua extensão à de outras entidades do setor”.

O Parlamento aprovou em abril recomendações do PSD e CDS-PP no sentido do Governo impedir a entrada da SCML no Montepio.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Paulo Azevedo, Chairman e Co-CEO da Sonae, e Ângelo Paupério, Co-CEO da Sonae.

(Leonel de Castro / Global Imagens)

Sonae SPGS com lucros de 200 milhões até setembro

Veículos estacionados no porto de Setúbal, durante a greve dos estivadores precários, em Setúbal, 14 de novembro de 2018. Em causa está um diferendo laboral desencadeado por um grupo de estivadores precários e a empresa de trabalho portuário Operestiva, que afeta várias empresas, entre as quais a Autoeuropa. ANDRÉ AREIAS/LUSA

Setúbal: Operestiva disposta a negociar se estivadores voltarem ao trabalho

Primeira-ministra Theresa May, 14 de novembro de 2018. EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Brexit: May consegue apoio do Governo e aprova rascunho do acordo final

Outros conteúdos GMG
Governo aprova entrada da Santa Casa no Montepio