banca

Grandes depósitos sem garantia superam os 50 mil milhões

Fotografia: Global Imagens
Fotografia: Global Imagens

O valor dos grandes depósitos que não está protegido pelo FGD chegou aos 51.676 milhões de euros no final de 2018, de acordo com o Público.

O jornal Público avança esta terça-feira, 3 de setembro, que o valor dos grandes depósitos que não está protegido pelo Fundo de Garantia de Depósitos (FGD) chegou aos 51.676 milhões de euros no final de 2018, registando assim uma subida de 7,4% face a 2017 e batendo – ao que tudo indica – um novo recorde.

Este foi o terceiro ano consecutivo de crescimento, de acordo com a análise feita aos dados do relatório e contas de 2018 do Fundo, realizada pelo jornal. Desde 2015 – ano em que se registou uma quebra dos depósitos depois da queda do BES no ano anterior, pela intervenção da troika em Portugal e pela crise do euro – que o montante global de depósitos que não estão cobertos pelo Fundo, por se situarem acima dos 100 mil euros, subiu 39%.

Estes são os depósitos que, no caso de resolução de um banco – intervenção estatal de emergência -, o chamado “bail-in“, podem ser chamados a participar no resgate, escreve ainda o jornal Público.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/ Global Imagens

OCDE. Famílias portuguesas podem perder 50% do rendimento se vier uma nova crise

Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/ Global Imagens

OCDE. Famílias portuguesas podem perder 50% do rendimento se vier uma nova crise

Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Outros conteúdos GMG
Grandes depósitos sem garantia superam os 50 mil milhões