Turismo

Grupo Prainha reabre empreendimentos com medidas extra de prevenção

Piscina Atlântica
Piscina Atlântica

Os empreendimentos Aldeamento da Prainha e Prainha Clube, em Alvor, e o VitaSol Park em Lagos, do Grupo Prainha, reabrem dia 5 de junho.

O Grupo Prainha vai reabrir os seus empreendimentos turísticos no Algarve no dia 5 de junho mas vai adotar medidas além das exigidas pela Direção-Geral de Saúde (DGS) para prevenção de contágio do novo coronavírus.

“Os empreendimentos Aldeamento da Prainha e Prainha Clube, em Alvor, e o VitaSol Park em Lagos, do Grupo Prainha, reabrem no dia 5 de junho com o selo ‘Clean and Safe’ e com 24 horas de intervalo entre dormidas, ultrapassando em muito a recomendação da DGS que é de 2 a 3 horas entre a troca de roupas e limpeza da casa ou quartos e entrada de novos clientes”, anunciou o Grupo, esta sexta-feira, em comunicado.

Informou ainda que os dois empreendimentos, que contam com mais de 400 camas, já obtiveram do Turismo de Portugal o selo ‘Clean and safe’ que exige a todos os promotores turísticos uma série de cuidados e um conjunto de medidas que tornam a estadia de todos os clientes mais seguras no âmbito da epidemia.

A declaração de estado de emergência em Portugal, devido à epidemia, foi decretada a 18 de março e vigorou até ao dia 2 de maio. Empresas, serviços, comércio e escolas encerraram e foi imposto confinamento à população. O plano de abertura gradual dos diversos setores de atividade está em marcha mediante a adoçao de medidas de prevenção.

“Sabendo nós que estamos a viver um ano excecional acreditamos que temos que lhes oferecer igualmente uma sensação acrescida de segurança e higienização de todas as nossas infraestruturas, especialmente no seus quartos e habitações”, afirmou António Silveira, diretor-geral do Grupo Prainha, citado no comunicado.

O Grupo garantiu que também nas suas piscinas e na concessão de praia, irão ser seguidas as regras de lotação máxima e proteção do espaço individual dos utilizadores e será reforçada a limpeza e desinfeção dos materiais, como as espreguiçadeiras.

“Os restaurantes, também eles com um protocolo interno próprio que garantirá o cumprimento de todas as directrizes da DGS, irão funcionar com as lotações ajustadas, preferencialmente por reserva, e prestando outros serviços tais como take away“, adiantou.

O uso de máscara protetora será obrigatório nos espaços interiores dos empreendimentos, alertou.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Grupo Prainha reabre empreendimentos com medidas extra de prevenção