banca

Horta Osório: Banca “está na boa direção” mas ainda “há muito que fazer”

O banqueiro considera que o nível de malparado, na casa dos 10%, ainda é alto.

António Horta Osório, presidente executivo do Lloyds Bank, afirmou esta sexta-feira que a banca portuguesa “está na boa direção” mas ainda “tem muito que fazer”, nomeadamente na descida do crédito malparado.

“Esse valor (de malparado) tem vindo a descer de maneira acelerada e está agora à volta de 10%. Estamos a ir na boa direção”, mas 10% “ainda é alto”, afirmou o banqueiro na conferência da AICEP sobre Exportações e Investimento.

Frisou que os rácios de capital Core Tier 1, em torno dos 13% a 13,5%, que “são positivos, em termos internacionais”. Para tal, “muito contribuiu a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos”, que representa 25% do sistema bancário português e recebeu uma injeção de capital de cerca de 5.000 milhões de euros.

Mas destacou que o Banco Central Europeu fez uma recomendação genérica de que a cobertura do crédito malparado deveria rondar os 80% e que se os bancos em Portugal o fizessem, os rácios de capital, em média, desceriam para os 9%.

Em atualização

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
Horta Osório: Banca “está na boa direção” mas ainda “há muito que fazer”