BES

KPMG nega que tenha sido acusada pelo Banco de Portugal

SIKANDER SATTAR , SENIOR PARTNER DA KPMG.
SIKANDER SATTAR , SENIOR PARTNER DA KPMG.

A auditora defende que “cumpriu todos os deveres, nomeadamente os deveres de informação junto do Banco de Portugal”.

A KPMG nega que tenha recebido uma acusação do Banco de Portugal por alegado incumprimento nas funções de auditor externo do BES. Além disso, a entidade defendeu que cumpriu todos os deveres de informação que tinha em relação ao supervisor liderado por Carlos Costa.

“Não existe, nem podia existir, qualquer acusação que tenha sido recebida pela KPMG em processo de contra-ordenação do Banco de Portugal tendo por objeto sancionar qualquer alegado incumprimento das normas de auditoria aplicáveis à correção profissional (nomeadamente normas internacionais de auditoria) de desempenho do seu trabalho de auditoria, sendo, por isso, a esse respeito, as notícias falsas e infundadas”, referiu a auditora num comunicado.

O Público noticiou esta terça-feira que o Banco de Portugal avançou com uma acusação à KPMG Portugal por não ter cumprido, em 2011 e 2012, com as normas de auditoria e de ter omitido, em 2013 e 2014, as perdas identificadas na carteira de crédito do BESA.

Mas a consultora garante que “como tem sido e continuará a ser provado nas instâncias próprias, a KPMG cumpriu todos os seus deveres, nomeadamente os deveres de informação junto do Banco de Portugal, entidade com a qual colaborou durante todo o processo relativo ao Banco Espírito Santo, de forma intensa, inquestionável e muito para além do que lhe seria legalmente exigível”.

Apesar de negar que tenha recebido uma acusação por parte do Banco de Portugal, a KPMG reaça que “os processos de contra-ordenação instaurados pelo Banco de Portugal são em geral sujeitos a segredo de justiça, sendo conhecidos pelo próprio Banco de Portugal e pelos visados, pelo que qualquer divulgação sobre a sua existência e conteúdo a órgãos de comunicação social tem de ser vista sempre com extrema preocupação”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

Fotografia: REUTERS/Henry Nicholls - RC122C9DD810

Cartas de Boris Johnson causam surpresa e perplexidade em Bruxelas

Outros conteúdos GMG
KPMG nega que tenha sido acusada pelo Banco de Portugal