Resultados

Lucro do Bank Millennium cai 4% no primeiro semestre

D.R.
D.R.

Excluindo itens não habituais, o lucro atingiu os 96 milhões de euros, o que significa um aumento de 12% face ao mesmo período de 2018.

O lucro do Bank Millennium Polónia recuou 4% no primeiro semestre deste ano para 334 milhões de zlótis (77,9 milhões de euros), anunciou o banco controlado em 50,1% pelo BCP esta segunda-feira.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o banco diz que o resultado inclui o impacto líquido das imparidades iniciais do Euro Bank de 65 milhões de zlótis (15,2 milhões de euros).

Excluindo itens não habituais, o lucro atingiu os 411 milhões de zlótis (96 milhões de euros), o que significa um aumento de 12% face ao mesmo período de 2018.

A margem financeira do Bank Millennium Polónia aumentou 21,5%, em termos homólogos e, excluindo o Euro Bank, aumentou 14,7%, em termos homólogos, e 4,7% face ao trimestre anterior.

As comissões, por sua vez, mantiveram-se estáveis, em termos homólogos, tendo aumentado 5,1% face ao trimestre anterior (excluindo o Euro Bank).

O BCP destaca a “elevada qualidade dos ativos e liquidez” do Bank Millennium, com o malparado a atingir 4,3% do crédito total.

Os depósitos de particulares aumentaram 14,4% e o crédito a empresas cresceu 11,5% em termos homólogos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 04 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Governo vê economia a crescer 4,3% em 2021 e desemprego nos 8,7%

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, durante a conferência de imprensa após a reunião extraordinária da Comissão Permanente de Concertação Social por video-chamada, no Ministério da Economia, em Lisboa, 16 de março de 2020. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Segunda fase do lay-off custa mais de 700 milhões de euros

Jorge Rocha de Matos, presidente da Fundação AIP. Foto: direitos reservados

Rocha de Matos: IVA devia ser de 6% em todos os eventos para ajudar o turismo

Lucro do Bank Millennium cai 4% no primeiro semestre