Espanha

Ministro das Finanças elogia “papel ativo” da banca espanhola em Portugal

Ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL A. LOPES/ LUSA
Ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL A. LOPES/ LUSA

O ministro das Finanças considerou hoje que a atividade desenvolvida pela banca espanhola no mercado português é positiva.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, considerou hoje que a atividade desenvolvida pela banca espanhola no mercado português é positiva, mas que as instituições se devem adaptar às características do país.

“Apreciamos o papel ativo que a banca espanhola desempenha em Portugal, ciente que se devem adaptar aos requisitos próprios do nosso mercado”, lançou o governante durante um almoço de empresários promovido pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola, num hotel em Lisboa.

Durante a sua intervenção, Mário Centeno disse que é desejável que os setores bancários português e espanhol “se estabilizem e reforcem”, deixando votos para que haja um aprofundamento da União Económica e Monetária.

“Os problemas com que nos deparamos a nível nacional nesta área só poderão ser resolvidos no seio da União Europeia. Portugal e Espanha vão continuar a trabalhar para que a União Europeia seja mais coesa e sólida”, afirmou.

Este encontro juntou cerca de 250 personalidades das mais diversas áreas, entre as quais se encontravam alguns líderes de instituições bancárias.

Nuno Amado, presidente do BCP, Luís Castro e Almeida, líder do BBVA Portugal, António Vieira Monteiro, que lidera a equipa de gestão do Banco Santander Totta estiveram presentes, apesar de tanto Nuno Amado como Vieira Monteiro se terem escusado a prestar declarações aos jornalistas antes do início do almoço.

O Santander Totta adquiriu no final do ano passado o Banif, no âmbito da medida de resolução aplicada ao banco fundado por Horácio Roque pelo Banco de Portugal, e esteve na corrida à compra do Novo Banco (o banco de transição resultante da intervenção pública no ex-BES em agosto de 2014) no primeiro processo de venda, que foi suspenso, mas que, entretanto, já foi relançado pelo regulador bancário.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Ministro das Finanças elogia “papel ativo” da banca espanhola em Portugal