Associação Mutualista Montepio

Montepio: António Costa destaca “supervisão mais rigorosa e independente”

Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

O primeiro-ministro disse que o quadro regulatório permite agora uma supervisão mais eficiente.

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta segunda-feira, em Braga, que já foi aprovada legislação para garantir “uma supervisão mais rigorosa e independente” à Associação Mutualista Montepio Geral.

“Já foi aprovada legislação que transfere a supervisão do Ministério do Trabalho para o Instituto de Seguros de Portugal, para haver uma supervisão mais rigorosa e independente”, referiu.

Costa falava num debate na Universidade do Minho e respondia a uma questão de um professor daquela academia acerca da banca.

O professor perguntou “o que está ser feito de diferente com o Montepio Geral” para que não se repitam os “erros do passado” do BPN, BES ou Banif.

O primeiro-ministro disse que o quadro regulatório permite agora uma supervisão mais eficiente.

Costa defendeu ainda que a banca “deve aprender” com o passado, reorientando o financiamento para a atividade produtiva, em vez de se centrar no financiamento do consumo privado e da compra de casa própria.

“A reorientação para financiamento da atividade produtiva é absolutamente essencial”, disse ainda.

A nova legislação implica, contudo, um período de 12 anos de adaptação por parte da Mutualista.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral de Dep—ositos -

Sete dos créditos de risco da CGD tiveram perdas de 100%

Operadores da Groundforce onde a operação da empresa de ‘handling’ Groundforce inclui números como cinco minutos e 400 toneladas, mas também o objetivo de chegar ao fim de 2019 com 3.600 colaboradores, aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, 22 de janeiro de 2018. Para que os aviões estejam no ar, a Groundforce faz toda a assistência em terra, excetuando o fornecimento de comida e de combustível, como resume o presidente executivo da empresa, Paulo Neto Leite, numa visita guiada aos ‘bastidores’ do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Com o aeroporto de Lisboa “no limite”, Groundforce exige à ANA que invista já

(Rui Oliveira / Global Imagens)

Quota de mercado dos carros a gasóleo cai para mínimos de 2003

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Montepio: António Costa destaca “supervisão mais rigorosa e independente”