Montepio

Montepio Geral tem de captar 970 milhões aos clientes para a Mutualista

montepio3

Mutualista pretende que os seus clientes invistam em produtos de capitalização como o Capital Certo, que são garantidos apenas com próprios capitais.

Os funcionários da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) têm de captar este ano 970 milhões de euros em produtos de capitalização que pertencem à Associação Mutualista do Montepio. Esta é a meta fixada no programa de ação e orçamento da Mutualista para 2018. O objetivo é considerado como “muito difícil de alcançar” pelo Sindicato dos Bancários do Norte.

Segundo o jornal Público desta quinta-feira, a Mutualista pretende que os seus clientes invistam em produtos de capitalização como o Capital Certo. Por não serem depósitos, não estão abrangidos pelo Fundo de Garantia de Depósitos e apenas estão garantidos pelos capitais da Associação Mutualista, cujos últimos números remontam a 2015.

A associação está a contar a contar que funcionários do CEMG convençam os clientes particulares a renovar os 370 milhões de euros investidos há cinco anos e a captarem mais 600 milhões de euros, segundo a mesma publicação.

Ainda segundo o Público, o Banco de Portugal está a avaliar todos os membros da administração executiva ainda em funções da Caixa Económica. O supervisor liderado por Carlos Costa terá chumbado a continuidade da equipa do banco após a análise dos atos de gestão da equipa. A principal dúvida do Banco de Portugal está relacionado com o polémico negócio das Vogais Dinâmicas, que terá ajudado a limpar artificialmente as contas da CEMG de 2016.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
REUTERS/ Phil Noble

Empresas temem que brexit obrigue a despedimentos

Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens)

Mais de 90% das famílias ganham com novas tabelas de IRS, mas pouco

Luís Manuel Moreira de Campos e Cunha, economista português, que foi Ministro das Finanças de Portugal, entrevistado da TSF.
Luís Manuel Moreira de Campos e Cunha
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Luís Campos e Cunha: “A geringonça, do ponto de vista político, acabou”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Montepio Geral tem de captar 970 milhões aos clientes para a Mutualista