associação montepio

Montepio. João Proença e Carvalho das Neves na lista de Ribeiro Mendes

(Sarah Costa / Global Imagens)
(Sarah Costa / Global Imagens)

Ribeiro Mendes, administrador da Associação, foi até agora o único a apresentar uma lista - 'União e Confiança' - para as eleições de 7 de dezembro.

João Proença, ex-secretário-geral da UGT, e João Carvalho das Neves, professor catedrático do ISEG, integram a lista de João Ribeiro Mendes para liderar a Associação Mutualista Montepio.

Ribeiro Mendes, administrador da Associação e ex-secretário de Estado, foi até agora o único a apresentar uma lista – ‘União e Confiança’ – para as eleições marcadas para o dia 7 de dezembro. Da sua lista faz ainda parte João Costa Pinto, ex-vice-governador do Banco de Portugal, apontado para liderar o Conselho Geral da Associação.

“Para além dos nomes já conhecidos de Ribeiro Mendes e de João Costa Pinto, para encabeçarem respetivamente as listas ao conselho de administração e ao conselho geral, foram agora anunciados os nomes de João Proença e de João Carvalho das Neves, o primeiro para presidente da assembleia geral e o segundo para presidente do conselho fiscal”, refere um comunicado da candidatura de Ribeiro Mendes.

António Tomás Correia, atual presidente da Mutualista e que há uma década comanda o destino do Montepio, ainda não anunciou se vai concorrer mas garantiu que a atual liderança da Associação vai ter uma lista a concorrer às eleições.

Pode ainda surgir uma terceira lista, integrada por António Godinho, que nas eleições anteriores ficou em segundo lugar. Godinho é um ex-quadro do Caixa Económica Montepio Geral e fundador do grupo Onebiz e tem vindo a tentar criar uma lista única alternativa à que será apresentada ou apoiada por Tomás Correia.

A Associação Mutualista Montepio é dona do banco Caixa Económica Montepio Geral, que é liderado por Carlos Tavares, tem mais de 600 mil associados e um ativo próximo dos quatro mil milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
psp

Governo prevê poupar 3 milhões com fardas de militares e polícias

António Costa, primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: Maria João Gala / Global Imagens

Gastos com gabinetes sobem quase 2%

Pequim gostaria de trabalhar com Washington

Portugal e China discutem comércio e investimento em Pequim

Outros conteúdos GMG
Montepio. João Proença e Carvalho das Neves na lista de Ribeiro Mendes