Futuro da Banca

Montepio. Santa Casa pode ficar com 10%

Marques Mendes garante que esta semana haverá uma reunião entre a Santa Casa de Lisboa e a União Portuguesa das Misericórdias

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa pode ficar com 10% do capital do Caixa Económica Montepio Geral, entrando no banco juntamente com outra misericórdia.

A informação foi avançada por Luís Marques Mendes, comentador da Sic Notícias, que garantiu que o tema será discutido esta semana numa reunião entre o responsável da Santa Casa de Lisboa, incluindo Pedro Santana Lopes, e Manuel de Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas.

Em entrevista ao Dinheiro Vivo, Manuel de Lemos já tinha antecipado que via com “bons olhos” um banco de economia social e a presença das Misericórdias no capital do Montepio.

Marques Mendes garantiu que “a participação poderá chegar aos 10%” e que “os órgãos de soberania estão empenhados numa solução”.

Segundo noticiou a edição deste fim-de-semana do Expresso, o Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, estará a pressionar Pedro Santana Lopes para avançar com esta solução.

A solução para o Montepio tem estado a ser discutida há alguns meses, depois de notícias que davam conta de dificuldades na associação mutualista e necessidade de reforço de solidez no banco.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno 
(EPA-EFE/PATRICIA DE MELO MOREIRA)

Lentidão nos reembolsos fazem disparar IRS em plena crise

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Costa. Plano de rotas da TAP “não tem credibilidade”

portugal covid 19 coronavirus

1342 mortos e 31007 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Montepio. Santa Casa pode ficar com 10%