Montepio

Mutualista anuncia lucro de 587 milhões com ajuda de créditos fiscais

Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA
Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

A Associação Mutualista Montepio comunicou um lucro de 587,5 milhões de euros em 2017, beneficiando de créditos fiscais.

A mutualista liderada por Tomás Correia informou que teve lucros em 2017 que permitiram que o capital próprio saísse de valores negativos. A associação refere, num comunicado, que “apurou em 2017 um resultado líquido positivo de 587,5 milhões de euros”. A entidade obteve um crédito fiscal de mais de 800 milhões de euros.

A dona do banco Montepio acrescenta que “os resultados apurados em base individual vêm elevar o capital próprio em base consolidada, passando agora para um valor positivo de 510 milhões de euros”. Em 2016, os capitais próprios eram negativos em 251 milhões de euros.

A contribuir para os lucros e para a saída de capitais próprios negativos estiveram os créditos fiscais utilizados pela Associação Mutualista. Esta entidade teve o aval Autoridade Tributária no pedido de deixar de ter uma isenção de impostos, apesar de manter o estatuto de IPSS. Apesar de passar a ter de pagar IRC, a mutualista pode usar créditos fiscais: os ativos por impostos diferidos. Isso permitiu uma melhoria de 808,6 milhões de euros nas contas.

“A Associação Mutualista Montepio, no cumprimento das normas internacionais de contabilidade, refletiu nas suas demonstrações financeiras o apuramento de ativos por impostos diferidos no montante de 808,6 milhões de euros”, refere o comunicado enviado às redações.

A dona do banco Montepio diz que “assumiu uma posição conservadora na avaliação dos seus ativos”. Assumiu imparidades de 233,4 milhões de euros nas participações que detém na Montepio Seguros e na Caixa Económica Montepio Geral.

Caixa Económica ajuda a captar recursos

A Associação Mutualista viu o número de associados descer 1,5%. Perdeu cerca de sete mil, encerrando 2017 com 625 mil. Ainda assim, a entidade liderada por Tomás Correia viu as receitas associativas aumentar de 234 milhões para 711 milhões de euros,

A mutualista explica essa subida com “a dinâmica do relacionamento associativo obtido através da rede dedicada de gestores mutualistas e do contributo da rede de balcões da Caixa Económica Montepio Geral”. Segundo o Público, o banco tem como objetivo angariar 970 milhões de euros em produtos da Associação Mutualista.

Atualizada às 20:00 com mais informação

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

No final de 2019 Estado terá mais 11 400 novos funcionários

Lucília Gao com Joana Marques Vidal no dia da sua tomada de posse como diretora do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa © DR-Ministério Público

Lucília Gago é a nova PGR Tudo o que precisa de saber

Juan José Dolado, economista, investigador e professor universitário (Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Pior do que a precariedade vão ser os baixos salários”

Outros conteúdos GMG
Mutualista anuncia lucro de 587 milhões com ajuda de créditos fiscais