CGD

Nova comissão de inquérito? “Os nossos concorrentes estão satisfeitíssimos”

Paulo Macedo, presidente da CGD

Paulo Macedo alerta que nova comissão de inquérito terá efeitos negativos na Caixa.

O presidente da Caixa Geral de Depósitos, Paulo Macedo, considera que existir uma nova comissão parlamentar de inquérito à gestão passada no banco público tem “um impacto muitíssimo negativo na reputação da CGD”. Defendeu, numa audição parlamentar esta quinta-feira, que esse impacto será “tanto maior quanto a comissão se arrastar”.

O líder do banco público defende que “os nossos concorrentes estão satisfeitíssimos por haver comissão”. Explica que durante meses os responsáveis do banco público estarão a “tratar de outras coisas em vez de servir clientes, empresas e famílias”.

Paulo Macedo observou que a reputação da CGD que vinha a recuperar há alguns trimestres “caiu a pique” no último trimestre. Diz que o impacto sente-se ainda na “confiança” e na perceção de solidez do banco”. E conclui: “Só quem nunca trabalhou numa empresa pensa que os impactos são desprezíveis”.

Após serem reveladas as informações de um documento preliminar da auditoria da EY, os partidos acordaram em realizar uma nova comissão parlamentar de inquérito à gestão na CGD.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves. (ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

TAP compromete-se a “adicionar e ajustar planos de rota”

O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Costa. Lay-off deve deixar de ser fator de perda de rendimento

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

1356 mortos e 31292 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Nova comissão de inquérito? “Os nossos concorrentes estão satisfeitíssimos”