Novo Banco

Novo Banco: Grupo vende posição em banco marroquino por 83 milhões

António Ramalho, presidente do Novo Banco. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens
António Ramalho, presidente do Novo Banco. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

"A conclusão desta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos", diz Novo Banco

O Grupo Novo Banco vendeu esta sexta-feira na bolsa de Casablanca, capital de Marrocos, a posição de 2,5% que detinha no banco BMCE, por 83 milhões de euros, avançou à Lusa fonte oficial daquela entidade.

“A conclusão desta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Grupo Novo Banco, prosseguindo este a sua estratégia de foco no negócio bancário”, salientou a referida fonte.

A 03 de agosto de 2014, o Banco de Portugal tomou o controlo do Banco Espírito Santo (BES), depois de o banco ter apresentado prejuízos semestrais de 3,6 mil milhões de euros, e anunciou a separação da instituição em duas entidades distintas.

No chamado banco mau (‘bad bank’), um veículo que mantém o nome BES, ficaram concentrados os ativos e passivos tóxicos do BES, assim como os acionistas.

No ‘banco bom’, o banco de transição designado de Novo Banco, ficaram os ativos e passivos considerados não problemáticos.

Em dezembro do ano passado foram prolongadas as garantias estatais ao Novo Banco e a data limite para a sua venda foi estendida, por acordo com a Comissão Europeia, até agosto de 2017.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

Novo Banco: Grupo vende posição em banco marroquino por 83 milhões