Novo Banco

Novo Banco: Venda da Ascendi com impacto positivo nos rácios de capital

Rácio de capital do Novo Banco caiu de 13,5% para 12% entre dezembro de 2015 e junho de 2016. Venda da Ascendi traz impacto positivo

O Novo Banco, dono de 40% da Ascendi, também confirmou esta noite o acordo de venda de um conjunto de ativos da sua participada aos franceses da Ardian por um valor de 600 milhões de euros, realçando que a operação “terá um impacto positivo no rácio de capital” da instituição.

“A conclusão da transação nos termos ora acordados terá um impacto positivo no rácio de capital Common Equity Tier I [CETI] do Novo Banco. Esta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Novo Banco, prosseguindo este a sua estratégia de foco no negócio bancário”, aponta o comunicado agora divulgado pelo banco de transição que resultou do colapso do Banco Espírito Santo.

De acordo com os resultados semestrais do Novo Banco recentemente apresentados, o rácio de capital CETI da instituição caiu de 13,5% para 12% entre dezembro de 2015 e junho de 2016.

De acordo com um comunicado antes emitido pela Mota-Engil, dona de 60% da Ascendi, os acionistas da empresa chegaram a acordo com a francesa Ardian para a venda de grande parte dos ativos desta participada por um valor total de 600 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

Novo Banco: Venda da Ascendi com impacto positivo nos rácios de capital