Futuro da Banca

Novo Banco vendido até ao Natal

Fotografia:
Igor Martins / Global Imagens
Fotografia: Igor Martins / Global Imagens

Lone Star e Misheng são os preferidos a ficar com o banco de transição.

O Banco de Portugal quer anunciar o vencedor na corrida ao Novo Banco até ao Natal, mesmo com o contrato a ser assinado até mais tarde.

A informação é avançada pelo jornal “Público”, que refere que apenas dois candidatos têm propostas que podem ir a jogo: o fundo Lone Star para o processo de venda direta e o China Misheng para a venda em mercado. O Dinheiro Vivo já tinha noticiado que o Novo Banco estava cada vez mais perto de ficar em mãos estrangeiras, uma vez que as propostas do BCP e do BPI não eram atrativas o suficiente. De resto, o BCP não melhorou a sua proposta na fase final, noticiou também o Dinheiro Vivo.

O Lone Star está na corrida à venda direta por 100% do Novo Banco enquanto o Misheng quer ficar com cerca de 50% numa venda em bloco (via aumento de capital), sendo o resto do capital do banco para dispersar em bolsa posteriormente.

A proposta do Lone Star exige proteção contra potenciais riscos que surjam depois e se reflitam nas contas do banco, exigindo salvaguardas de reembolso em caso de contingências jurídicas ou técnicas. O Misheng terá de assegurar que tem disponibilidade para pagar e recapitalizar o Novo Banco.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: D.R.

Julho só com mais 390 desempregados oficiais, mas 44 mil novos inscritos no IEFP

António Ramalho, CEO do Novo Banco. Fotografia: Tiago Petinga/Lusa

Novo Banco vendeu seguradora com desconto de 70% ‘coberto’ pela ajuda do Estado

Fotografia: D.R.

Novo Banco. GNB teve idoneidade verificada pelo regulador

Novo Banco vendido até ao Natal