Banco de Portugal

Portugueses gastaram mais de mil milhões no estrangeiro durante o verão

Fotografia: REUTERS/Charles Platiau
Fotografia: REUTERS/Charles Platiau

O valor foi o mais alto de sempre, segundo os dados revelados esta terça-feira pelo Banco de Portugal

Os portugueses não olharam a gastos nas férias de verão. Segundo os dados publicados esta terça-feira pelo Banco de Portugal, entre julho e setembro foram batidos recordes em compras no estrangeiro.

Em três meses, as compras feitas com cartões portugueses fora do país totalizaram 1093 milhões de euros, mais 24% do que no ano passado. Foram ainda registadas 22,2 milhões de operações, mais 34% face a 2017.

Segundo a análise do Banco de Portugal, os pagamentos com cartão no estrangeiro têm vindo a aumentar nos últimos cinco anos. O pico teve lugar em agosto: foram registados 7,7 milhões de operações e gastos 384 milhões de euros.

Em cada compra, os portugueses gastam em média 49 euros.

A maior parte das operações foram registadas no Reino Unido, Espanha e Países Baixos. Juntos, estes três destinos representam mais de 50% do número total de compras dos portugueses no estrangeiro. Seguem-se França, Irlanda e Luxemburgo. Nos Estados Unidos foram registados 3% do total.

Já em valor, foi em Espanha, Reino Unido e França que os portugueses gastaram mais dinheiro durante as férias de verão.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão (E), fala durante a sua audição perante a Comissão de Orçamento e Finanças, conjunta com a Comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de janeiro de 2020. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Governo volta a negociar aumentos de 2020 com funcionários públicos

Greve escola função pública

Último ano da geringonça foi o de maior contestação na função pública

Portugueses gastaram mais de mil milhões no estrangeiro durante o verão