Comissões bancárias

Preço das comissões bancárias em Portugal é o dobro de Espanha

1. Está constantemente preocupado com o facto de não ter dinheiro suficiente

Baixo nível das taxas de juro e a crise que afetou a banca portuguesa levou os bancos a desenvolver estratégias para aumentar as receitas.

Os portugueses pagam em comissões bancárias o dobro do valor pago pelos vizinhos espanhóis. . A média anual dos preços dos serviços bancários em Portugal é de 78 euros enquanto em Espanha é de 38 euros, segundo o estudo divulgado pela Deloitte.

No estudo, a Deloitte analisou as comissões pagas em sete países: Espanha, Portugal, Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Holanda. O preço dos serviços financeiros em Portugal é de de 78 euros de média anual, ficando a meio da tabela dos países incluídos na análise e abaixo da média de 91 euros.

O melhor é o Reino Unido, onde a média de 20 euros por ano. O mais caro é a Alemanha, onde o custo médio anual chega a 181 euros mas é também o país com o maior número de serviços disponíveis: 115. Não foi possível obter um comentário da Associação Portuguesa de Bancos.

Para o estudo, a Deloitte analisou as comissões do Novo Banco, Millennium bcp, Santander e ActivoBank, que representam mais de 50% das caixas Multibanco disponíveis no país.

São vários os fatores que contribuem para a existência de comissões bancárias mais caras em Portugal. O baixo nível das taxas de juro e a crise que afetou a banca portuguesa nos últimos anos levou os bancos a desenvolver estratégias para aumentar as receitas.

Vários bancos receberam ajudas estatais ao longo dos anos, num total que ascendeu a 15.525 milhões de euros. Com a crise financeira e económica o nível de malparado nos bancos disparou e o setor tem vindo a reduzir o seu stock de mau crédito. Bruxelas abrigou ainda a Caixa Geral de Depósitos e o Novo Banco a implementar planos de reestruturação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Miguel Albuquerque, do PSD Madeira.

Projeção. PSD perde maioria absoluta na Madeira

Outros conteúdos GMG
Preço das comissões bancárias em Portugal é o dobro de Espanha