crédito

Queda da Euribor a seis meses anula spreads de 0,3%

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

Quando o valor negativo da Euribor é superior ao do spread, os bancos têm de pagar aos clientes com empréstimo à habitação.

Se tem um contrato associado à Euribor a seis meses, o mais utilizado em Portugal, com um spread de 0,3% a rever em agosto, saiba que vai deixar de pagar juros e poderá ainda receber do banco, avança o Público, esta terça-feira.

A queda da Euribor a seis meses acentuada nos últimos três meses para terreno negativo já anulou o spread de 0,25 desde junho e o de 0,3 em julho.

Em junho de 2018, entrou em vigor uma lei que indica que o valor negativo tem de ser refletido na taxa final, levando a que um número considerável de empréstimos – muitos dos quais contratados entre 2000 e 2008 – já não paguem juros ou que até os seus titulares recebam mensalmente do banco.

A Deco calcula que, no primeiro ano, a banca já devolveu cerca de 1,8 milhões de euros aos clientes com empréstimos à habitação devido às taxas Euribor negativas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Regresso ao trabalho - ilustração

O mundo do trabalho mudou. A saúde é agora lei

José Theotónio, CEO do Grupo Pestana.
(Diana Quintela / Global Imagens)

José Theotónio: “Haverá voos mas não virão logo com turistas para o Algarve”

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Queda da Euribor a seis meses anula spreads de 0,3%