Reclamações

Reclamações de clientes bancários contra instituições sobem 8,1% em 2017

D.R.
D.R.

O Banco de Portugal (BdP) recebeu 15.282 reclamações de clientes bancários contra instituições de crédito em 2017, mais 8,1% do que no ano anterior.

O Banco de Portugal (BdP) recebeu 15.282 reclamações de clientes bancários contra instituições de crédito em 2017, mais 8,1% do que no ano anterior, segundo o Relatório de Supervisão Comportamental hoje divulgado.

De acordo com o BdP, os produtos e serviços mais reclamados são as contas de depósito (5.070 reclamações), seguindo-se o crédito aos consumidores (3.440), crédito hipotecário (1.921), cartões de pagamento (1.455), transferências a crédito (705), cheques (554), operações com numerário (445), crédito às empresas (410), máquinas ATM (247) e débitos diretos (231).

O Banco CTT lidera a lista das instituições com mais reclamações no que respeita às contas de depósito, seguindo-se entidades como o Banco do Brasil e o Deutsche Bank.

O Banco CTT também liderou as reclamações no crédito aos consumidores, seguindo-se o FCE Bank e o Deutsche Bank.

Já no crédito hipotecário, a instituição mais reclamada foi o banco BIC, além do Banco Popular e do Santander Totta.

Ao todo, verificou-se uma média de 1.274 reclamações por mês um prazo de encerramento médio das situações de 39 dias.

O BdP aponta que, do total de reclamações, em 62% “não foram detetados indícios de infração”, sendo que, nos restantes casos, a situação reclamada “foi solucionada pela instituição, por sua iniciativa ou por exigência” do banco central.

Em 2016, o BdP recebeu 14.141 reclamações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

Reclamações de clientes bancários contra instituições sobem 8,1% em 2017