crédito

Sabe se o seu nome consta na “lista negra” da banca?

Fotografia: REUTERS/Fabrizio Bensch
Fotografia: REUTERS/Fabrizio Bensch

Qual é o seu perfil de cliente bancário? E quais as suas responsabilidades de crédito? Consulte o seu “cadastro”.

O Banco de Portugal disponibiliza, de forma gratuita, o acesso a uma base de dados que agrega toda a informação prestada pelas instituições bancárias sobre os créditos concedidos e os potenciais compromissos assumidos pelos clientes.

O mapa de responsabilidades de crédito pode ser consultado por particulares e empresas. E também um instrumento fundamental para banca avaliar o perfil e o risco de cada cliente. Imaginemos que é cliente da instituição A e tem um compromisso de crédito de montante igual ou superior a 50 euros (conta de ordenado, crédito ao consumo ou habitação ou até cartão de crédito).

Esta informação é atualizada e reportada mensalmente ao Banco de Portugal. Se, entretanto, for pedir um crédito à instituição B, esta irá consultar a Central de Responsabilidades de Crédito e avaliar o seu perfil. Em função do seu mapa, poderá conseguir negociar condições mais ou menos favoráveis com a instituição B.

Quem pode aceder?
Podem aceder a este serviço os particulares ou as empresas. A informação disponibilizada apenas pode ser prestada ao próprio.

A informação é pública?
Não. A informação é confidencial. Particulares e empresas terão previamente de autenticar-se perante o Banco de Portugal. “Toda a interação é estabelecida através de uma sessão segura, em que os dados transferidos na comunicação são cifrados, garantindo-se a sua confidencialidade”, garante o supervisor bancário.

Como fazer a consulta?
Terá de aceder à página do Banco de Portugal, aqui. Leia e aceite as condições de acesso por via eletrónica à Central. Pressione o botão ‘Obter Mapa’. Irá encontrar informação relativa ao último período disponível. Para obter o Mapa de Responsabilidades de Crédito para um período anterior, deverá selecionar a respetiva opção no fim da página e escolher o mês e ano pretendidos. Apenas está disponível informação para consulta a partir de janeiro de 2009.

Como se faz a autenticação no Banco de Portugal?
Os particulares podem autenticar-se através do Cartão de Cidadão ou das suas credenciais de acesso ao Portal das Finanças. As empresas só podem autenticar-se com as credenciais de acesso ao Portal das Finanças. Siga as instruções e opte por visualizar (open) ou guardar (save) o ficheiro em formato PDF com o seu Mapa de Responsabilidades de Crédito. “É fundamental fechar a sessão, opção disponível na parte superior das páginas do sítio do Banco de Portugal na internet, de modo a impedir utilizações abusivas”, garante o supervisor.

Há troca de informação com o Fisco?
O Banco de Portugal esclarece que as credenciais de acesso ao Portal das Finanças são utilizadas apenas para efeito de autenticação, não existindo qualquer outra troca de informação entre aquele Portal e o supervisor bancário.

O que fazer se tiver dúvidas sobre o seu “cadastro”?
Pode contactar ou dirigir-se ao postos de atendimento do Banco de Portugal.

Aceda aqui ao seu mapa

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hino Liga Nos

Futebol. Hino do fair-play junta 18 clubes a uma só voz

Brazil's suspended President Dilma Rousseff speaks during the final session of debate and voting on Rousseff's impeachment trial in Brasilia, Brazil, August 29, 2016. REUTERS/Ueslei Marcelino

Senadores já votaram: Dilma foi destituída

internet-old-school

Dropbox. Ataque informático rouba milhões de passwords

Slimani despediu-se de Alvalade no último domingo, com um golo ao FC Porto. 
(Filipe Amorim/Global Imagens)

Sporting vende Slimani por 30 milhões de euros

Quinta Nova distinguida pelo Luxury Travel Guide . Fotografia: D.R.

Quinta Nova vence prémio internacional de luxo

Tamara e João Amorim foram o casal vencedor do concurso da TAP no ano passado. Durante sete meses viajaram pelo continente americano.

(Fernando Pereira/Global Imagens)

400 candidatos depois, conheça o vencedor do Gap Year Portugal deste ano

Conteúdo Patrocinado
Sabe se o seu nome consta na “lista negra” da banca?