banca

Santander é o melhor banco a operar em Portugal

Pedro Castro e Almeida, CEO do Santander Totta
(Diana Quintela/ Global Imagens)
Pedro Castro e Almeida, CEO do Santander Totta (Diana Quintela/ Global Imagens)

Prémios da revista Euromoney distinguiram o Santander Portugal na gala anual.

Os prémios da revista Euromoney, que ontem à noite em Londres elegeram o Lloyds de António Horta Osório como o melhor banco do Reino Unido pela sétima vez consecutiva, distinguiram o Santander Totta com o prémio de Melhor Banco em Portugal em 2019. Esta foi a 17.ª vez que o banco recebeu este prémio. A revista, que faz 50 anos, justificou a decisão com o facto de o Santander Portugal ser “o maior banco privado em termos de ativos, tendo apresentado, em 2018, o resultado líquido mais elevado, face aos bancos que atuam no mercado nacional”.

O mesmo banco arrecadou ainda igual distinção entre as instituições a operar na América Latina (Santander Brasil) e na Europa Ocidental para as Pequenas e Médias Empresas. Em termos de países, além de Portugal, o Santander Brasil e Chile receberam os respetivos prémios, tendo ainda sido distinguidos, na banca de investimento, o Santander Espanha e Polónia.

Horta Osório leva prémio pela sétima vez consecutiva. Leia aqui

Na gala Euromoney Awards for Excellence, que contou com a presença de mais de 500 banqueiros de todo o mundo, foram destacadas as instituições que apresentam os melhores serviços junto dos seus clientes demonstrando liderança, inovação e dinamismo nos mercados onde operam.

Segundo aquela reputada publicação internacional, a aquisição do Banco Popular, cuja integração operacional e tecnológica se cumpriu em apenas dez meses, “subiu ainda mais a fasquia do Santander Portugal no país”. “A elevada quota de mercado de novos créditos às pequenas e médias empresas, bem como o impacto na economia através dos apoios concedidos”, são outros aspetos considerados relevantes para distinguir o Santander. A contribuir para este prémio esteve também o crescimento de 14,6% do resultado líquido do banco para 500 milhões de euros em 2018 e um forte aumento do crédito e do apoio ao desenvolvimento das pequenas e médias empresas. A Euromoney destaca ainda o aumento do número de clientes digitais, que se fixou acima dos 30%.

A Euromoney recebeu mais de mil inscrições de bancos para um programa que cobre 20 prémios globais, mais de 50 prémios regionais e os melhores prémios bancários em uma centena de países.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Santander é o melhor banco a operar em Portugal