contrato

Santander ganha contrato com instituto da Segurança Social

Contrato com duração de três anos prevê uma série de serviços de pagamento para aquela instituição pública.

O banco Santander Totta assegurou um contrato de 3,49 milhões de euros para a prestação de serviços bancários ao Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (IGFSS), segundo a informação disponibilizada no portal BASE.

O banco ultrapassou concorrentes como a Caixa Geral de Depósitos (CGD), o BPI e o Novo Banco ao apresentar a proposta financeiramente mais atrativa, com o preço mais baixo, o principal critério do concurso.

Em causa está a prestação de “serviços de banco de apoio associado ao multibanco serviço especial”, segundo a informação divulgada. O contrato tem a duração de um ano, renovável até três, onde atinge o valor de 3,49 milhões de euros.

Isto significa, segundo a primeira cláusula do contrato que o Santander Totta assume o estatuto de “banco de apoio associado ao pagamento da taxa social única dos trabalhadores independentes, do serviço doméstico, trabalhadores agrícolas e seguro social voluntário, através da rede Multibanco –pagamentos ao Estado – segurança social (Multibanco Serviço Especial)”.

“Caberá ao Santander Totta creditar todos os montantes referentes ao pagamento da taxa social única pagos pelos trabalhadores independentes, do serviço doméstico e pelos beneficiários de seguro social voluntário, por meio de transferência eletrónica de fundos, através da Rede Multibanco – serviço especial”, especifica o contrato.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Pedro Fernandes

Há mais de 500 mil imóveis a pagar “imposto Mortágua”

coronavirus juros

BCE. Estado deverá assumir 5% a 10% das perdas dos créditos garantidos

portugal covid 19 coronavirus

1342 mortos e 31007 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Santander ganha contrato com instituto da Segurança Social