crédito à habitação

Santander oferece spread de 1% a clientes Select

Carlos Manuel Martins/Global Imagens
Carlos Manuel Martins/Global Imagens

O banco refere que estas alterações têm como objetivo tornar a sua oferta "ainda mais competitiva e simplificada para os clientes".

O Santander baixou as taxas de juro no crédito à habitação, mas redução não chega a todos os clientes. O banco reduziu o spread mínimo para 1% para os clientes Select e Mundo 123, neste segundo caso apenas nos primeiros seis meses, avança o Jornal de Negócios, esta sexta-feira.

O banco refere que estas alterações têm como objetivo tornar a sua oferta “ainda mais competitiva e simplificada para os clientes”. Ao mesmo jornal, a instituição indicou ainda que “será pouco provável que haja novas reduções num futuro próximo, tendo em conta que os spreads estão já bastante baixos.”

Para os clientes que não subscrevem nenhuma destas soluções, o spread mínimos mantém-se em 1,2%.

Nestes segmentos, o Santander iguala agora o Bakinter, que mantém o spread mínimo mais baixo do mercado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
Santander oferece spread de 1% a clientes Select