banca

Santander Totta vendeu 1000 milhões de malparado

Carlos Manuel Martins/Global Imagens
Carlos Manuel Martins/Global Imagens

As carteiras de malparado alienadas eram provenientes do Banif e também do Banco Popular.

O Santander Totta vendeu carteiras de crédito malparado num total de mil milhões de euros em 2018, tendo alienado cerca de 600 milhões de euros de carteiras de imóveis, sobretudo do antigo Banco Popular.

O banco anunciou esta segunda-feira que alcançou um lucro líquido de 500 milhões de euros em 2018, um aumento de 14,6% em termos homólogos.

Na conferência que marcou a estreia pública de Pedro Castro e Almeida como novo CEO do Santander em Portugal, não foram referidos os nomes das entidades que compraram as carteiras de malparado do banco.

O rácio de crédito malparado do banco melhorou em 1,7 pontos percentuais em 2018 para 4%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

O deputado do Partido Social Democrata (PSD) Ricardo Batista Leite. (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

PSD quer transferir reuniões do Infarmed para o parlamento

Santander Totta vendeu 1000 milhões de malparado