MB Way

SIBS associa-se a campanha para compra de equipamento médico

Porto 14/01/2019 -  Aplicação MB way.

(Leonel de Castro/Global Imagens)
Porto 14/01/2019 - Aplicação MB way. (Leonel de Castro/Global Imagens)

Os mais de 2,3 milhões de utilizadores da MB Way têm a possibilidade de ajudar a adquirir equipamento médico como máscaras, luvas e fatos de proteção.

A SIBS, através do serviço MB Way, associou-se a uma campanha de angariação de fundos para a compra de equipamento médico.

“A STOP COVID-19, é um movimento criado pela fintech GoParity, e da qual a SIBS é parceira desde o seu arranque. Trata-se de um dos primeiros projetos já em desenvolvimento e lançado no âmbito do tech4COVID19, uma iniciativa que junta atualmente 120 empresas tecnológicas e mais de 2.000 empreendedores no combate ao novo coronavírus”, refere a SIBS em comunicado.

A associação da SIBS à campanha permite aos mais de 2,3 milhões de utilizadores a possibilidade de ajudarem a adquirir equipamento médico como máscaras, luvas e fatos de proteção, por exemplo, para posteriormente serem doados a centros hospitalares e unidades de saúde em necessidade”.

“Todos podemos ajudar. De forma fácil, cómoda e segura, já é possível fazer donativos, a partir de um euro, através do MB Way para o número 912 712 367″, apela a SIBS.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Governo cria complemento salarial até 350 euros para trabalhadores em lay-off

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa, 04 junho 2020, realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Banco de Fomento para Portugal com “aprovação provisória”

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda,  em Lisboa, 29 de maio de 2020. O Governo decidiu adiar a passagem para a terceira fase de desconfinamento na Área Metropolitana de Lisboa e criou regras especiais, sobretudo em atividades que envolvem “grande aglomerações de pessoas”.  MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário

SIBS associa-se a campanha para compra de equipamento médico