sindicatos

Socialistas do Sindicato dos Bancários do Sul reelegem Rui Riso

( Jorge Amaral / Global Imagens )
( Jorge Amaral / Global Imagens )

Socialistas do SBSI reuniram-se em Assembleia Geral para eleger o seu secretário coordenador, que será o candidato à presidência do sindicato em abril

Os socialistas do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI) reelegeram hoje Rui Riso, por unanimidade, para mais quatro anos de liderança e decidiram que a coligação com o PSD é para manter na direção sindical.

A tendência sindical socialista do SBSI reuniu-se em Assembleia Geral, em Lisboa, para eleger o seu secretário coordenador, que será o candidato à presidência do sindicato nas eleições de abril.

Fonte sindical disse à agência Lusa que os socialistas do SBSI decidiram ainda manter a coligação PS/PSD que sustenta a direção do sindicato, “em moldes a definir por ambas as partes”.

Se tudo correr como o previsto, e se a direção de Rui Riso for reeleita em abril, a sua principal aposta será “a concretização do sonho do sindicato nacional” do setor financeiro.

Os três sindicatos de bancários e os dois dos seguros que integram a FEBASE (Federação sindical do setor financeiro) referendaram no final de novembro a possibilidade de fusão num único sindicato nacional.

A fusão foi aprovada, exceto pelo sindicato dos bancários do Norte, que fica de fora deste processo.

Segundo Rui Riso, os próximos passos deste processo, a dar ainda este mês, são administrativos e relacionados com as auditorias a fazer aos sindicatos.

O processo de fusão é independente das eleições sindicais, mas a sua concretização depende da vontade das próximas direções dos quatro sindicatos integrantes.

O Sindicato dos Bancários do Centro, dirigido por socialistas, também tem eleições em abril e também deverá reunir em breve a tendência sindical socialista, mas a assembleia ainda não está marcada.

A presidente do sindicato, Helena Carvalheiro, disse à Lusa que se irá recandidatar e que o principal compromisso do seu programa eleitoral será “conduzir os bancários do centro ao sindicato de âmbito nacional”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Primeiro-Ministro, António Costa (Pedro Granadeiro / Global Imagens)

António Costa: Fim da “crise energética” a partir da meia-noite

(DR)

Banca europeia perde milhões em Bolsa. Espera-se nova onda de fusões

Outros conteúdos GMG
Socialistas do Sindicato dos Bancários do Sul reelegem Rui Riso