depósitos

Taxas de juros dos depósitos batem novos mínimos em setembro

Inflação
Inflação

A taxa de juro para os depósitos constituídos em setembro rondou os 0,35%, o que traduz um novo mínimo histórico.

As taxas de juro oferecidas pelos bancos estão cada vez menos atrativas para quem tem poupanças. No início do ano, o juro médio para as novas operações de depósito era de 0,49%, em setembro já não vão além dos 0,35%.

Não há registo de um valor tão baixo desde o início de 20’03 – data a partir da qual existem dados disponibilizados no site do Banco de Portugal.

Más notícias para quem tem poupança, a descida das taxas de juro tem o impacto oposto para quem quer contrair um empréstimo. Quem fez um empréstimo à habitação em setembro viu-lhe ser fixada, uma taxa de juro média de 1,12% – menos 0,01 pontos percentuais do que o juro médio aplicado às novas operações de crédito realizadas um mês nates.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Empresas com quebras de 25% vão poder pedir apoio à retoma

CMVM. Fotografia: DR

Auditores: CMVM encontrou 66 irregularidades graves

isabel dos santos nos

Luanda Leaks: CMVM envia processos para o Ministério Público

Taxas de juros dos depósitos batem novos mínimos em setembro