Comissões

Tem conta à ordem? BdP recomenda que verifique o extrato de comissões

FOTO: Arquivo / Global Imagens
FOTO: Arquivo / Global Imagens

Se tem uma conta de depósito à ordem, durante o mês de janeiro, deverá receber um extrato de comissões.

O Banco de Portugal emitiu, esta terça-feira, uma recomendação aos clientes bancários para que verifiquem o seu extrato de comissões, que tem de ser enviado pelos bancos durante este mês de janeiro.

“Se tem uma conta de depósito à ordem saiba que, durante o mês de janeiro, deverá receber um extrato de comissões”, lembra o supervisor da banca num comunicado.

No extrato de comissões, deve constar informação detalhada sobre “a comissão unitária cobrada por cada serviço e o número de vezes que o serviço foi utilizado” bem como o montante total das comissões cobradas para todos os serviços prestados durante o ano anterior.

O documento tem ainda de detalhar “a taxa de juro aplicada à facilidade de descoberto, se a tiver contratado, ou a eventuais ultrapassagens de crédito, e o montante total dos juros cobrado” e “a taxa de juro remuneratória aplicada à respetiva conta à ordem, se existir, e o montante total dos juros auferidos”.

O Banco de Portugal frisa que o extrato de comissões é enviado pelo banco através do meio de comunicação que foi acordado com o cliente. “Pode receber o extrato pelo correio, por e-mail, através do homebanking ou da app do seu banco. Se o extrato de comissões lhe for enviado por e-mail, a mensagem de correio eletrónico deve conter, no assunto, a expressão ‘extrato de comissões'”, adianta o supervisor.

Caso seja disponibilizado através do homebanking ou da app, o banco deve informar o cliente, por e-mail ou por SMS, sobre o local do site ou da app onde pode consultar.

Além deste comunicado, o Banco de Portugal disponibilizou, na sua página na Internet, um vídeo com informação sobre o extrato de comissões.

Atualizada às 11H20 com mais informação

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

(A-gosto.com/Global Imagens).

PSD indisponível para viabilizar alteração à lei para aeroporto do Montijo

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Tem conta à ordem? BdP recomenda que verifique o extrato de comissões