Bolsa

Ações da dona do Correio da Manhã valorizam mais de 17%

(Carlos Manuel Martins/Global Imagens)

Foto: Arquivo
(Carlos Manuel Martins/Global Imagens) Foto: Arquivo

As ações da Cofina encerraram hoje a valorizar a mais de 17%, um dia depois de anunciar uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre 100% da totalidade da Media Capital.

A Cofina anunciou na quarta-feira o lançamento de uma OPA sobre a totalidade do capital da Media Capital, alterando a oferta de 21 de setembro, sendo o valor de referência proposto de 0,415 euros por ação, a que corresponde um montante total de 35 milhões de euros e considera um ‘entreprise value’ de cerca de 130 milhões de euros.

Os títulos da dona do Correio da Manhã fecharam hoje a ganhar 17,27% para 0,26 euros.

Já a Media Capital ficou inalterada nos 2,12 euros (valor que mantém desde 27 de julho), já que tem uma dispersão em bolsa residual.

A Media Capital é detida em 64,47% pela Vertix SGPS (Prisa), tendo a Pluris Investments, do empresário Mário Ferreira, 30,22%. O NCG Banco tem 5,05%, sendo que o capital disperso em bolsa (‘free-float’) é de 0,26%.

Na sessão de hoje, as ações da Impresa, dona da SIC, subiram 0,38% para 0,13 euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

Fachada da Caixa Geral de Depósitos. 
(Sarah Costa / Global Imagens)

Clientes da CGD sem acesso ao serviço Caixadirecta

App Stayaway covid

App Stayaway Covid perto do milhão de downloads. 46 infetados enviaram alertas

Ações da dona do Correio da Manhã valorizam mais de 17%