Bolsa

Ações da Sky em alta depois de Comcast subir oferta

Fotografia: REUTERS/Toby Melville
Fotografia: REUTERS/Toby Melville

Os títulos da Sky estão em alta em Londres depois de a Comcast ter apresentado uma proposta superior à da Fox para a compra da cadeia de televisão

As ações da britânica Sky, grupo de televisão por subscrição, estão em alta da bolsa de Londres. Um comportamento que tem lugar depois de a Comcast ter subido a oferta para a aquisição do grupo de comunicação social.

A Comcast apresentou agora uma proposta no valor de 34 mil milhões de dólares (mais de 29 mil milhões de euros no câmbio atual) apenas algumas horas depois de a Fox de Rupert Murdoch ter apresentado uma proposta de 32 mil milhões de dólares (mais de 27 mil milhões de euros) pela cadeia britânica.

Assim, a proposta da Comcast, de acordo com a Reuters, é de 14,75 libras por ação da Sky, enquanto da Fox é de 14 libras por título. Segundo a agência, passaram apenas 16 horas entre a oferta da Fox e a da Comcast – o maior grupo de entretenimento dos mundo. E a rapidez com que a Comcast o fez, tem como objetivo mostrar o quão determinada está em comprar o grupo britânico, que está presente em 23 milhões de casas na Europa.

Esta luta pelo grupo britânico é apenas um exemplo de uma luta maior que está a ser travada no seio da indústria de entretenimento. Os gigantes de media estão, lembra a agência de informação, a gastar milhões de dólares para concorrerem diretamente com a Netflix e com a Amazon.

As ações da Sky já avançaram 3%, registando agora um ganho ligeiramente mais moderado na casa dos 2%.

Laith Khalaf, analista da Hargreaves Lansdown, disse à Reuters que: “os investidores estão agora próximos de duplicarem o seu dinheiro em resultado da guerra pela Sky e pode agora haver uma outra reviravolta nesta história que pode ainda aumentar os seus cofres”.

A “guerra” pela Sky começou em 2016, quando a Fox apresentou a primeira proposta, e desde então as ações da empresa britânica já valorizaram 95%. Só no ano passado apreciaram 55%.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

Negociações para revisão do contrato coletivo de trabalho da construção arrancam em setembro

Salário base da construção pode subir até 194 euros

Outros conteúdos GMG
Ações da Sky em alta depois de Comcast subir oferta