Altice dispara mais de 50% em bolsa

As ações da dona da Meo registam ganhos acentuados, depois do regulador francês ter aberto a porta a fusões no país.

As ações da Altice disparam mais de 50% em bolsa, depois do regulador francês de telecomunicações ter sinalizado que não vai travar operações de consolidação. Isso poderá facilitar a venda de ativos por parte da dona do Meo, o que ajudará a reduzir a elevada dívida da empresa, um fator que tinha penalizado nos últimos meses as ações da empresa liderada por Patrick Drahi.

O líder do regulador francês, Sébastien Soriano, disse numa entrevista ao Le Monde que “as circunstância mudaram” desde 2016, altura em que foram bloqueados negócios. E admite consolidação no setor desde que se crie valor não só para os acionistas, como também para para o país. Na reação, as ações da Altice ganham 56,73% para 2,35 euros na bolsa de Amesterdão, segundo dados da Euronext.

Os analistas citados pelo Financial Times consideram que essa maior abertura do regulador pode levar a interesse de outras empresas na SFR. “Continuamos a acreditar que Martin Bouygues está novamente em posição de finalizar o seu plano de 2014 de comprar a SFR, consolidando assim a sua exposição às telecomunicações. Isso teria um enorme impacto positivo nas ações de todas as operadoras francesas”.

Além disso, a venda da SFR seria um ás de trunfo na tarefa da Altice em reduzir a sua dívida elevada, que levou as ações a terem descidas acentuadas nos últimos meses.

Atualizada às 15:20

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de