Bolsas europeias mistas, à espera da inflação da zona euro

Os mercados temem que uma subida sustentada da inflação leve os bancos centrais a retirarem os estímulos monetários.

Dinheiro Vivo/Lusa
 © Spencer Platt/AFP

As principais bolsas europeias negociavam esta quinta-feira mistas, com os investidores à espera da taxa de inflação da zona euro em dezembro.

Cerca das 8:50 em Lisboa, o EuroStoxx 600 recuava 0,23% para 479,78 pontos.

As bolsas de Londres, Madrid e Milão subiam 0,04%, 0,01% e 0,14%, enquanto as de Paris e Frankfurt se desvalorizavam 0,31% e 0,18%, respetivamente.

Depois de abrir em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência, estando cerca das 08:50 o principal índice, o PSI20, a recuar 0,67% para 5.624,74 pontos.

Os mercados continuam a temer que uma subida sustentada da inflação leve os bancos centrais a retirarem os estímulos monetários demasiado rapidamente.

Para os receios inflacionistas contribui a subida do preço do petróleo, que hoje desceu ligeiramente depois de se ter cotado em níveis máximos desde 2014, acima dos 88 dólares por barril no caso do Brent.

A bolsa de Nova Iorque terminou em baixa na quarta-feira, com o Dow Jones a cair 0,96% para 35.028,65 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro.

O Nasdaq fechou a desvalorizar-se 1,15% para 14.340,25 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,1362 dólares, contra 1,1344 dólares na quarta-feira e 1,1196 dólares em 24 de novembro, um mínimo desde julho de 2020, e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro de 2021.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 87,72 dólares, contra 88,44 dólares na quarta-feira, um máximo de sete anos.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG