Bolsa

App da Apple avalia, por engano, empresa da maçã em mais de um bilião

Apple iPhone X
REUTERS/Elijah Nouvelage

A fabricante do iPhone pode vir a ser a primeira empresa americana a valer mais de um bilião de dólares.

A Apple está cada vez mais perto de ser a primeira cotada americana a atingir um valor de mercado acima do bilião (milhão de milhões) de dólares. Segundo dados da Bloomberg, esta quinta-feira a empresa da maçã está avaliada pelo mercado em 988 mil milhões de dólares.

Mas, por engano, a aplicação da Apple com as cotações bolsistas atribuiu um valor de mercado de mais de um bilião de dólares à própria empresa, segundo o The Independent. Os dados são fornecidos pela Yahoo Finance que mantém, à hora desta publicação, um valor de mercado acima do bilião para a Apple.

Este erro surge porque a empresa da maçã aproveitou os lucros acima do esperado para recomprar ações próprias. Ao retirar títulos do mercado é necessário um valor unitário mais elevado para sustentar o valor de mercado. Mas o novo número de ações ainda não terá sido atualizado, o que levou a um erro no cálculo no valor de mercado (número total de ações multiplicado pela cotação de cada título).

No caso da Apple, para ser a primeira cotada americana a valer um bilião (o trillion em inglês), precisa agora de ver as ações subir para cerca de 207 dólares. Antes de ter recomprado ações, bastava que os títulos valessem 204 dólares para a Apple valer um bilião de dólares. As ações negoceiam acima dos 205 dólares.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
lisboa

Balcão dos despejos recebeu 294 pedidos por mês. São menos 44 do que em 2017

www.dinheirovivo.ptcombustiveis-7-1-1bb026ceb7a816266a2de2967749df8fd8ec068c-34e8f5d94c782fb8aeedef4aac66cd8f0db5ac96

Combustíveis descem há seis semanas, mas estão mais caros do que em janeiro

Tomás Correia, preside a Associação Mutualista Montepio, dona do Caixa Económica

Montepio: Líder da mutualista diz que processos não impedem nova liderança

Outros conteúdos GMG
App da Apple avalia, por engano, empresa da maçã em mais de um bilião