As grandes fortunas engordaram mais 1,54 mil milhões em 2012

Américo Amorim detém a maior fortuna
Américo Amorim detém a maior fortuna

Os ricos ficaram ainda mais ricos no ano passado. Se as 100
maiores fortunas do mundo aumentaram 15% para os 1,44 biliões de
euros, de acordo com o índice dos milionários da Bloomberg, a
riqueza das maiores fortunas em Portugal também cresceu em 2012.
Mais concretamente 13%, o equivalente a um crescimento de 1,54 mil
milhões de euros. O Dinheiro Vivo compilou as participações
acionistas detidas pelos sete maiores empresários nas cotadas
portuguesas e fez as contas com base nas respetivas cotações. De
notar que se tratam de potenciais mais e menos-valias, uma vez que os
títulos não foram vendidos e encontravam-se em carteira.

Contas feitas, no início de 2011 as sete maiores fortunas em
Portugal estavam avaliadas em 11,61 mil milhões de euros. No
entanto, a subida anual de 3% do PSI 20 e a consequente valorização
da maior parte das 20 ações que integram o índice nacional fizeram
com que, no final de 2012, as mesmas fortunas valessem 13,15 mil
milhões. Na prática, as grandes fortunas em Portugal engordaram
1,54 mil milhões de euros no espaço de um ano.

A riqueza da família Soares dos Santos foi a que mais cresceu no
ano passado. Fruto da valorização de 16% dos títulos da Jerónimo
Martins, a posição detida pela sociedade Francisco Manuel dos
Santos, que reúne as participações da família de Alexandre Soares
dos Santos, valorizou em quase 714 milhões de euros.

O segundo lugar do pódio é ocupado por Belmiro de Azevedo. Os
ganhos de 50% e de 22% acumulados no ano passado pela Sonae e pela
Sonaecom, respetivamente, mais do que compensaram as perdas
arrecadadas de 23% pela Sonae Indústria, possibilitando que a
fortuna de Belmiro aumentasse em 293 milhões de euros.

Outra das grandes fortunas do país que também cresceu no ano
passado foi a da família Queiroz Pereira. A valorização quer das
ações da Portucel quer dos títulos da Semapa fez com que as
aplicações em bolsa nestas duas empresas cotadas valorizasse em 275
milhões de euros num ano.

Os reforços feitos no ano passado no capital do BPI e da Zon
revelaram-se apostas ganhas para Isabel dos Santos. Com as ações do
banco a duplicarem de valor e com os títulos da operadora a fecharem
2012 com uma subida de 28%- alimentada sobretudo pelo anúncio de
fusão com a Optimus -, a fortuna da empresária angolana aumentou em
185 milhões de euros.

Pode não estar no top 3 das fortunas que mais cresceram em 2012
em Portugal, mas o ‘rei da cortiça’ – como o apelidou a revista
norte-americana Forbes – foi e continua a ser o homem mais rico de
Portugal. As participações que Américo Amorim detém na Galp
Energia e na Corticeira Amorim terminaram o ano passado a valer quase
quatro mil milhões de euros, depois de terem valorizado em 149
milhões de euros em 12 meses.

Não fossem as perdas de 15% arrecadadas pelos títulos do BCP em
2012 e a riqueza de Joe Berardo tinha aumentado mais ainda. A fortuna
do empresário cresceu em 19,8 milhões de euros, muito por culpa das
participações que controla no capital da Sonae e da Zon.

A contrariar esta tendência, e a ser a única exceção à regra,
esteve a família Mello. As participações que detém na Brisa e na
EDP geraram potenciais menos-valias de 91 milhões de euros em 2012.
A causa está no facto de, no ano passado, os títulos da
concessionária de auto-estradas e da elétrica terem arrecadado
desvalorizações de 16% e 4%, respetivamente.

Apesar de terem engordado em mais de 1,5 mil milhões de euros no
ano passado, as grandes fortunas em Portugal ainda não recuperaram
todo o dinheiro que perderam em 2011, ano em que os mesmos
empresários viram a sua riqueza emagrecer em dois mil milhões
euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
internet-old-school

Dropbox. Ataque informático rouba milhões de passwords

Assunlão Cristas, líder do CDS/PP. Fotografia:  MÁRIO CRUZ/LUSA

CDS avança com revisão de IMI se Governo desrespeitar isenções

Quinta Nova distinguida pelo Luxury Travel Guide . Fotografia: D.R.

Quinta Nova vence prémio internacional de luxo

ALBA - Salamadra Remade. Fotografia: D.R.

A histórica metalúrgica ALBA estreia-se no Tent London

EPA/LUKAS COCH

Agora pode ganhar viagens Uber ao fazer compras em lojas locais

Tamara e João Amorim foram o casal vencedor do concurso da TAP no ano passado. Durante sete meses viajaram pelo continente americano.

(Fernando Pereira/Global Imagens)

400 candidatos depois, conheça o vencedor do Gap Year Portugal deste ano

Conteúdo Patrocinado
As grandes fortunas engordaram mais 1,54 mil milhões em 2012