Aumento de capital leva BCPI a cortar preço-alvo do BES

Ricardo Salgado, presidente do BES
Ricardo Salgado, presidente do BES

O Millennium investment banking (BCPI) reviu em baixa o preço-alvo do Banco Espírito Santo (BES), para os 1,25 euros por ação dos anteriores 1,5 euros, ajustando-o ao aumento de capital em curso pelo maior banco privado do país em ativos.

As ações do BES começaram hoje a negociar sem direito ao
aumento de capital de 1.045 milhões de euros em curso, a
0,65 euros por acção, ou seja a um forte desconto de 34,06%.
O período de subscrição do aumento de capital e a negociação
daqueles direitos arrancam na próxima terça-feira.

“Ajustámos o nosso preço alvo de BES … de modo a incluir o
aumento de capital que foi totalmente tomado firme por parte de
um sindicato bancário”, afirmou a analista Vanda Mesquita, citada pela Reuters.

“A nossa recomendação continua a ser de compra, com um
potencial de valorização de cerca de 22 pct”, acrescentou,
frisando: “por enquanto, não alteramos as nossas estimativas da
demonstração de resultados”.

Explicou: “existem alguns impactos positivos em termos de
margem financeira, que assumimos que são materialmente
irrelevantes”.

Segundo os cálculos do Millennium IB, o preço teórico
ajustado ex-rights é de 0,886 euros e o preço teórico de cada
direito é de 0,094 euros. As acções do BES estão a afundar 11% para 0,87 euros,
abaixo do preço teórico ex-rights do aumento capital.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Foto - Leonardo Negrao

Deco: seguros de saúde não cobrem coronavírus, seguros de vida sim

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Aumento de capital leva BCPI a cortar preço-alvo do BES