PSI 20

BCP é o banco europeu que mais perde em bolsa esta terça-feira

Acionistas do BCP continuam a reagir negativamente à possibilidade de uma fusão de acções. O título é o que mais cai no Stoxx 600

As ações do Millennium BCP continuam a pique depois de conhecida uma proposta para fusão de ações no banco. Ainda que os analistas entendam que a proposta a votar em Assembleia Geral de Acionistas não deverá ter qualquer impacto financeiro para os acionistas, a cotada recua 6,78%.

O BCP é, assim, o banco que mais cai na Europa. O índice Stoxx 600, que agrega as maiores empresas europeias, está a esta hora a avançar 0,07% para 335.35 pontos. A liderar o ganhos está o Alpha Bank, que avança 3,31%; na base está o banco liderado por Nuno Amado.

Não é o único português com má prestação. O BPI, que neste momento recua 6,66% é o segundo banco que mais perde no Stoxx 600. O banco português está a sentir os efeitos da falta de acordo entre o Caixa Bank e Isabel dos Santos.

O prazo para um acordo que reduza a exposição do banco a Angola está prestes a terminar e, depois do fecho da Páscoa, o mercado hoje abriu a penalizar a instituição e, consequentemente, todo o setor bancário nacional.

Na quinta-feira chegou o anúncio de que as negociações iam terminar. Esta terça-feira é a primeira negociação em bolsa desde o anúncio.

Como consequência destas desvalorizações, o PSI-20 recua 1,47% para os 5,023.43 pontos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O advogado e porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pardal Henriques (C), acompanhado pelo presidente do sindicato, Francisco São Bento (D), à saída da reunião com o governo. (MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Pardal Henriques deixa de ser porta-voz do Sindicato dos Motoristas

TIAGO PETINGA/LUSA

Sindicato faz greve “cirúrgica” às horas extra entre 7 e 22 de setembro

Outros conteúdos GMG
BCP é o banco europeu que mais perde em bolsa esta terça-feira