Bolsa

Bolsa de Lisboa acompanha tendência de negativa da Europa

Foto: REUTERS/Henry Nicholls
Foto: REUTERS/Henry Nicholls

A bolsa de Lisboa começou a sessão em queda, estando a maioria dos pesos pesados do índice no vermelho.

A bolsa de Lisboa arrancou a sessão desta terça-feira, 26 de fevereiro, em queda. Às 8:10, o PSI-20 (principal índice) recuava 0,25% para os 5.140,44 pontos. Entre os pesos pesados o sentimento é sobretudo de perdas. O BCP desvaloriza 1,20% para 23,04 cêntimos. No grupo EDP, a casa-mãe perde 0,44% para 3,186 euros e a EDP Renováveis cai 1,21% para 8,175 euros. A Galp Energia cede 0,48% para 14,52 euros.

Já a Jerónimo Martins escapa a esta tendência e valoriza 0,27% para 13,13 euros. Em alta está também a Corticeira Amorim, que ganha 0,11% para 9,38 euros. A empresa de cortiça revelou esta manhã, antes da abertura do mercado de capitais, que o resultado líquido de 2018 aumentou 6% para mais de 77 milhões de euros.

Entre as restantes praças europeias o sentimento é igualmente de perdas. O francês CAC40 recua 0,51% e o espanhol IBEX 35 desce em torno de meio por cento. Na Ásia a sessão tinha já sido de perdas. A bolsa de Xangai terminou a sessão a cair 0,67%, de acordo com a Lusa. E no Japão, o Nikkei terminou o dia a desvalorizar 0,37% e o Topix a descer 0,23%.

Este comportamento das ações mundiais tem lugar numa altura em que os investidores estão a avaliar as últimas declarações do presidente dos Estados Unidos da América sobre as negociações com a China que visam evitar a aplicação de taxas aduaneiras. Esta segunda-feira, Donald Trump fez crescer o otimismo quanto à possibilidade de um acordo com Pequim, contudo, pouco depois admitiu também que o acordo “poderá não acontecer de todo”, de acordo com a Bloomberg.

Além disso, o presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos vai fazer um discurso no Senado norte-americano. Jerome Powell, líder do banco central, poderá deixar alguns indícios da evolução recente da política monetária na maior economia do mundo – algo a que o mercado vai prestar atenção.

Nota ainda para os preços do petróleo, que estão em queda nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para as importações nacionais, desce 0,28% para 64,58 dólares por barril. O West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, recua 0,52% para 55,19 dólares por barril.

(Notícia atualizada às 8:29)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Bolsa de Lisboa acompanha tendência de negativa da Europa