Bolsa

Bolsa de Lisboa com sinal verde no arranque

PSI-20 arranca a sessão com sinal verde, impulsionado com os ganhos do BCP, Galp e EDP.

No último dia da semana, o principal índice nacional arrancou em terreno positivo, estando nos primeiros minutos a avançar 0,35%, em linha com as principais praças europeias.

Às 8:08, o PSI-20 seguia impulsionado pelos ganhos do BCP, que subia 0,12% para os 24,54 cêntimos, da Galp, a ganhar 0,69% para os 14,595 euros, e da EDP, a avançar 0,65% para os 3,08 euros. A travar maiores ganhos, está a Jerónimo Martins. A retalhista arrancou a sessão a perder 0,23% para os 10,655 euros.

No Velho Continente, o sentimento é de ganhos, numa altura em que os investidores se encontram otimistas face ao desenrolar das negociações entre os EUA e a China. O FTSE100 em Londres está a avançar 0,30%, o espanhol IBEX 35 a ganhar 0,38%, o CAC 40 em Paris a subir 0,11% e o alemão DAX 30 a crescer 0,17%.

No Japão, o dia foi de ganhos. O principal índice da bolsa de Tóquio, o Nikkei, ganhou 0,97%, no fecho, cotando-se nos 20.359,70 pontos. Também o outro índice de referência, o Topix, subiu 0,51%, nas últimas transações do dia, para os 1.529,73 pontos.

A bolsa de Xangai, principal praça financeira da China, também fechou a ganhar 0,74%, para 2.553,83 pontos. Shenzhen, a segunda praça financeira do país, subiu 0,61%, para 7.474,01 pontos.

Esta manhã, os preços de petróleo estão a subir nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e que serve de referência para as importações nacionais, avança 0,30% para 61,98 dólares por barril. E o West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, sobe 0,28 para 52,87 dólares por barril. A evolução tem lugar numa altura em que os países membros da OPEP estão a cortar na sua produção e, ainda, os mercados ganham esperança de que as duas maiores potências mundiais resolvam as suas disputas comerciais, segundo a Reuters.

(Notícia atualizada às 08:33)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
Bolsa de Lisboa com sinal verde no arranque