Mercados

Bolsa de Lisboa em alta com Mota-Engil e CTT a liderarem ganhos

imagem_abertura_ctt_ecommerce_artigo_03

Cerca das 09:00 em Lisboa, o principal índice da bolsa, o PSI20, subia 0,53% para 4.557,43 pontos, com 15 'papéis' a valorizarem-se e três a recuarem.

A bolsa de Lisboa mantinha hoje a tendência de alta da abertura, com a Mota-Engil e os CTT a valorizarem-se 4,39% para 1,28 euros e 2,36% para 2,39 euros, respetivamente.

Cerca das 09:00 em Lisboa, o principal índice da bolsa, o PSI20, subia 0,53% para 4.557,43 pontos, com 15 ‘papéis’ a valorizarem-se e três a recuarem.

Aos ‘papéis’ da Mota-Engil e dos CTT seguiam-se os da Pharol, Semapa e BCP, que registavam ganhos de 2,30% para 0,12 euros, de 2,28% para 8,52 euros e de 2,09% para 0,11 euros.

Em contrapartida, em sentido inverso, as ações da Jerónimo Martins, Ibersol e Galp Energia eram as únicas que desciam, estando a recuar 0,67% para 14,85 euros, 0,35% para 5,66 euros e 0,10% para 10,32 euros.

Na Europa, as principais bolsas abriram hoje em alta, animadas com o acordo alcançado esta madrugada entre os líderes da União Europeia (UE) para adotar um plano de reconstrução económica depois da pandemia da covid-19.

A bolsa de Nova Iorque fechou em alta na segunda-feira, com o Dow Jones a subir 0,03% para 26.680,87 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, também na segunda-feira, o Nasdaq fechou a avançar 2,51% para 10.767,019 pontos, um novo máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1456 dólares, contra 1,1449 dólares na segunda-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em setembro abriu com tendência positiva, a cotar-se a 43,60 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 43,28 dólares na segunda-feira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Orlando Almeida/Global Imagens

Reestruturação na aviação corta frota, pessoal e salários

IEFP

Apoios do IEFP só converteram 37 contratos a prazo em permanentes

Loja de discos Carbono, em Lisboa. (PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Jovens puxam pelo crescimento dos discos de vinil em Portugal

Bolsa de Lisboa em alta com Mota-Engil e CTT a liderarem ganhos