Mercados financeiros

Bolsa de Lisboa em queda ligeira

Mercados

O PSI-20 começou o dia com um ganho muito ligeira que, rapidamente, inverteu para uma desvalorização igualmente ténue.

A última sessão da semana na bolsa nacional começou com uma subida ligeira que, rapidamente, inverteu. Às 8:12, o PSI-20 seguia com uma queda de 0,03% para os 5.208,65 pontos. Entre as restantes praças europeias, o sentimento é igualmente de perdas ligeiras. O espanhol IBEX35 iniciou o dia com uma desvalorização de 0,04%, o francês CAC40 desliza 0,13%.

Este comportamento das praças financeiras no Velho Continente tem lugar depois de ontem Wall Street, nos EUA, ter estado encerrado por ser feriado no país, e numa altura em que os investidores aguardam para conhecer dados do emprego nos Estados Unidos, de acordo com a Bloomberg. Já esta manhã, foi revelado que as encomendas à indústria da Alemanha, o principal motor económico da Zona Euro, diminuíram para 2,2% em maio face ao mês anterior. Comparando com maio do ano passado, as encomendas às fábricas germânicas ficaram 8,6% abaixo, segundo o The Guardian.

Na praça de Lisboa, nota para as ações do BCP, que avançam 0,10% para 28,64 cêntimos, da EDP, que valorizam 0,50% para 3,426 euros, da EDP Renováveis, que ganham 0,11% para 9,21 euros. Destaque também para as ações da Galp Energia e da Jerónimo Martins. A petrolífera perde 0,34% para 13,285 euros, enquanto a retalhista dona dos supermercados Pingo Doce desce 0,21% para 14,105 euros.

Nota ainda para os preços do petróleo nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e que serve de referência para as importações nacionais, está a registar uma queda ligeira, negociando nos 63,24 dólares por barril.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República portuguesa. Foto: REUTERS/Benoit Tessier

OE2020: PR avisa que é preciso “ir mais longe” em matérias como a saúde

Outros conteúdos GMG
Bolsa de Lisboa em queda ligeira