Mercados financeiros

Bolsa de Lisboa sobe mais de 1,5% com BCP a ganhar quase 4%

Miguel Maya, presidente executivo do Millennium BCP. JOÃO RELVAS/LUSA
Miguel Maya, presidente executivo do Millennium BCP. JOÃO RELVAS/LUSA

A bolsa de Lisboa arrancou a última sessão da semana em terreno positivo. O BCP é um dos títulos que mais impulsiona a praça nacional.

A bolsa de Lisboa arrancou a sessão desta sexta-feira, 10 de maio, em alta. Às 8:05, o PSI-20 subia 1,63% para os 5.191,30 pontos. Na praça nacional, destaque para os títulos do BCP, que disparam 3,96% para 24,96 cêntimos. O banco liderado por Miguel Maya apresentou esta quinta-feira os resultados do primeiro trimestre. E entre janeiro e março, os lucros do BCP disparam 80% para 154 milhões de euros.

No setor energético, a EDP valoriza 1,74% para 3,28 euros e a EDP Renováveis ganha 0,71% para 8,50 euros. A Galp Energia sobe 1,26% para 14,025 euros, isto numa altura em que os preços do petróleo estão em alta nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e que serve de referência para as importações nacionais, sobe 0,26% para 70,65 dólares por barril, de acordo com a Bloomberg. A REN segue a somar 0,20% para 2,515 euros.

No retalho, a Jerónimo Martins – dona dos supermercados Pingo Doce – sobe 1,31% para 13,93 euros e a Sonae – dona dos supermercados Continente – aprecia 1,17% para 95,4 cêntimos por ação.

Entre as restantes praças europeias, o sentimento é também sobretudo de ganhos. O espanhol IBEX35 valorizava 0,71% no arranque da sessão, enquanto o parisiense CAC40 sobe 0,94%. Por outro lado, no Japão, a bolsa de Tóquio terminou o dia em queda, com o Nikkei, a perder 0,27%.

Esta evolução nos mercado acionistas tem lugar numa altura em que os Estados Unidos concretizaram o plano de aplicar taxas aduaneiras adicionais sobre bens importados da China. Pequim já tinha feito saber que se Washington avançasse com a medida iria retaliar.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Bolsa de Lisboa sobe mais de 1,5% com BCP a ganhar quase 4%