Bolsas em alta e petróleo volta aos 30 dólares

PSI20 está a subir mais de 4%

As principais bolsas europeias arrancaram, nesta sexta-feira, em alta, graças às medidas de urgência adotadas para fazer frente à pandemia do novo coronavírus, como as do Banco de Inglaterra e sobretudo do Banco Central Europeu (BCE).

Cerca das 09:00 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 3,26% para 297,17 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt subiam 2,13%, 4,70% e 4,50%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão que valorizavam-se 3,90% e 1,46%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:30, o principal índice, o PSI20, subia 4,41% para 3.754,51 pontos. Das 18 cotadas, só três estão em terreno negativo: F. Ramada, Jerónimo Martins e Ibersol. Esta última cai 14,8% para 4,26 euros. Altri (+9,13%), EDP (+8,68%) e NOS (7,37%) lideram nos ganhos. O BCP valoriza 4,18% para 0,1046 euros e a Galp dispara 6% para 9,01 euros.

O BCE anunciou na quarta-feira um novo programa de compra de dívida no valor de 750.000 milhões de euros para aliviar a situação no mercado da dívida e o impacto económico da pandemia do novo coronavírus.

A intervenção do BCE continuava a refletir-se hoje de manhã no mercado da dívida soberana, cujos juros recuavam em todos os prazos depois de terem atingido valores máximos na quarta-feira.

O preço do petróleo recuperava hoje, depois de ter subido 9% desde mínimos desde 2003, estando a subir mais de 6& e para níveis acima dos 30 dólares por barril.

Na quinta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a subir 0,95% para 20.087,19 pontos, contra 29.551,42% em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 2,3% para 7.150,58 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro. Wall Street registou na segunda-feira a pior sessão desde 1987.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,0788 dólares, contra 1,0684 dólares na quinta-feira, atual mínimo desde abril de 2017.

O barril de petróleo Brent para entrega em maio de 2020 abriu hoje em alta, a cotar-se a 30,41 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 28,47 dólares na quinta-feira e 24,88 dólares na quarta-feira, um mínimo pelo menos desde março de 2004.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de