Bolsas europeias em alta, a seguir Wall Street e à espera de indicadores relevantes

As principais bolsas europeias abriram hoje em alta, numa semana em que se espera a publicação de dados macroeconómicos relevantes e a realização de várias reuniões de bancos centrais.

Cerca das 08:50 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,12% para 439,60 pontos.

As bolsas de Paris e Frankfurt avançavam 0,20% e 0,19%, bem como as de Madrid e Milão, que se valorizavam ambas 0,07%.

Londres era a exceção, já que descia, mas apenas 0,08%.

Depois de abrir em baixa, a bolsa em Lisboa invertia a tendência e, cerca das 08:50, o principal índice, o PSI20, subia 0,22% para 5.011,09 pontos.

Os mercados europeus abriram hoje em alta, a seguir a tendência de Wall Street e à espera da reunião da Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) e de diversos dados macroeconómicos.

Hoje começou a reunião mensal do Banco do Japão sobre política monetária, durante a qual analisará o estado da economia nipónica em pleno arranque de um novo estado de emergência devido à pandemia e atualizará as estimativas.

Os investidores também continuam pendentes da evolução da pandemia da covid-19 e dos planos de vacinação.

Na Europa será conhecido hoje o índice de confiança da Alemanha.

A bolsa de Nova Iorque terminou em alta na sexta-feira, com o Dow Jones a subir 0,67% para 34.043,49 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 34.200,67 pontos, verificado em 16 de abril.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a valorizar-se 1,44% para 14.016,01 pontos, contra o atual máximo de 14.095,47 pontos, em 12 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,2102 dólares, contra 1,2097 dólares na sexta-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em junho abriu também em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 65,40 dólares, contra 66,11 dólares na sexta-feira e o atual máximo desde dezembro de 2018, de 69,63 dólares, em 11 de março.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de